Olhão - Cidade Cubista

Olhão é uma cidade portuguesa no Distrito de Faro, região e sub-região do Algarve, com cerca de 28 000 habitantes.[1] O seu nome oficial (raramente usado, mesmo em documentos oficiais) é Olhão da Restauração.
É sede de um município com 130,86 km² de área[2] e 45 396 habitantes (2011),[3] [4] subdividido em 4 freguesias.[5] O município, que inclui uma parte continental e a Ilha da Armona, na ria Formosa, é limitado a norte pelo município de São Brás de Alportel, a norte e leste por Tavira, a oeste por Faro e a sudeste tem litoral no oceano Atlântico.
O município de Olhão foi criado em 1808.

Diz-se que Olhão, terá derivado da palavra árabe, «AL-HAIN», que significa fonte nascente, e que sofrendo as modificações fonéticas e fonológicas, naturalmente terão levado ao aparecimento do termo «ALHAM», depois «OLHAM» e finalmente OLHÃO. Na versão popular e segundo velhos testemunhos, Olhão é o aumentativo do substantivo comum "olho", com origem num grande "Olho de Água" (fonte, nascente ou poço de grande caudal), já que na zona existiam abundantes olhos de água, o que originou a construção das primeiras "palhotas", feitas em cana e colmo.

Ver mais em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Olhão

Sem comentários: