Efeméride

 
No dia 17 de novembro de 1919, a revista "Ilustração Portuguesa" noticiou um atentado contra Alfredo da Silva, na época, um dos homens mais abastados de Portugal. O industrial sofreu ferimentos ligeiros porque a pistola do atacante encravou. Artur Pinho, um estucador apelidado de "bolchevista" pelo periódico, lançou de seguida uma bomba, que feriu o motorista de Alfredo da Silva. O autor do atentado acabou por ser detido e agredido por populares que se encontravam nas proximidades.
Ver mais em: Associação dos Professores de História

Sem comentários: