Olhão

O concelho de Olhão situa-se no Sotavento e Algarve Central, ocupando uma área total aproximada de 130 km2.
Confronta-se a nascente e a norte com o concelho de Tavira, a poente com o concelho de Faro e a sul com o Oceano Atlântico.
Toda a zona litoral do concelho de Olhão integra-se no Parque Natural da Ria Formosa, uma das zonas húmidas mais importantes a nível europeu.
O concelho de Olhão é constituído por 5 freguesias: Olhão, Fuseta, Moncarapacho, Pechão e Quelfes. Todas se estendem até ao litoral.
O concelho de Olhão está entre os cinco mais populosos da região do Algarve, residindo no concelho cerca de 10% dos habitantes do Algarve.
De acordo com o Censos de 2001, o concelho de Olhão tem 40.808 habitantes, o que significa que a população de Olhão cresceu 10,86%, entre 1991 e 2001.
Em termos de faixa etária, Olhão é um concelho relativamente jovem. Cerca de metade da população está concentrada na fixa etária 25-64 anos, ou seja, em idade activa.



Uma das características potenciadoras do desenvolvimento do concelho é a grande dinâmica verificada no parque habitacional, com relevância para novas construções. Este facto tem contribuído para o referido crescimento demográfico.
Actualmente, o concelho possui excelentes acessibilidades, sendo de realçar os dois nós de ligação ao Itinerário Principal (IP1), conhecido por Via do Infante.
A pesca e a indústria conserveira continuam a ser elementos fulcrais para a economia do município embora a construção civil, o comércio por grosso e a retalho e as actividades imobiliárias constituam actividades em plena expansão.
A aposta na actividade turística abre um novo horizonte para o concelho de Olhão. O recente Porto de Recreio, a requalificação da zona ribeirinha e a construção de unidades hoteleiras de luxo são passos já concretizados da longa caminhada de progresso e dinamismo que se vive no concelho de Olhão.
Ver mais em:  http://www.cm-olhao.pt

Sem comentários: