Biografia: António de Almeida Santos


15 de fevereiro de 1926- 19 de janeiro de 2016

António de Almeida Santos nasceu em Cabeça, concelho de Seia, é licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra, entre 1945 e 1950, completando o 6º ano de Ciências Jurídicas em 1952.
Exerceu a advocacia em Lourenço Marques até 1974, tendo sido membro do Grupo de Democratas de Moçambique.
Foi duas vezes candidato às eleições para a Assembleia Nacional em listas da oposição, e viu, em ambos os casos, anulada a sua candidatura por ato arbitrário da Administração Colonial.
Representou, ainda em Moçambique, o general Humberto Delgado nas eleições presidenciais de 1958. Em conferências, petições e livros, defendeu uma solução federativa para as colónias portuguesas até que, em 1971, em livro apreendido pela Censura – “Já Agora!...” – passou a defender a aplicação pura e simples do princípio da autodeterminação e independência.
Foi ministro da Coordenação Interterritorial nos I, II, III e IV governos provisórios (demitiu-se no IV Governo), ministro da Comunicação Social no VI Governo Provisório, ministro da Justiça no I Governo Constitucional, ministro-adjunto do primeiro-ministro no II Governo Constitucional, ministro de Estado e ministro dos Assuntos Parlamentares no VI Governo Constitucional, deputado eleito pelo PS desde a I Legislatura, líder do Grupo Parlamentar do PS entre 1991 e 1994, presidente do Partido Socialista desde 1992, membro do Conselho de Estado, de 1985 a 2002, presidente da Assembleia da República nas VII e VIII legislaturas e membro do Conselho de Estado na IX Legislatura.
Era presidente honorário do PS e sócio da Academia Nacional de Belas-Artes, tendo publicado 25 obras da sua autoria.
- See more at:
http://www.ps.pt/partido/orgaos-nacionais/presidente-honorario.html?layout=biografia

Sem comentários: