"Quizás, quizás, quizás"

A Música na História é eterna. Aqui fica uma versão de "Quizás, quizás, quizás", da autoria do cubano Osvaldo Farrés de 1947 e a interpretação de Nat King Cole:

Sem comentários: